Justiça nega o pedido do Ministério Público para barrar a construção de jardins verticais em São Paulo como forma de compensação ambiental.

Justiça nega o pedido do Ministério Público para barrar a construção de jardins verticais em São Paulo como forma de compensação ambiental.

27/09/2017

via revistaqualimovel.com.br

O Ministério Público e a 1ª Promotoria de Justiça de Meio Ambiente de São Paulo ajuizaram uma ação pública que visa proibir a Prefeitura de SP de autorizar a construção de jardins verticais como forma de compensação ambiental.

Fonte: Archdaily
Na íntegra

Mais notícias:
07/12/2017
Foi publicado no Diário Oficial o Decreto 58.021/17, que dispõe sobre a reorganização da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento e altera a denominação e a lotação dos cargos de provimento em comissão que especifica.