Justiça nega o pedido do Ministério Público para barrar a construção de jardins verticais em São Paulo como forma de compensação ambiental.

Justiça nega o pedido do Ministério Público para barrar a construção de jardins verticais em São Paulo como forma de compensação ambiental.

27/09/2017

via revistaqualimovel.com.br

O Ministério Público e a 1ª Promotoria de Justiça de Meio Ambiente de São Paulo ajuizaram uma ação pública que visa proibir a Prefeitura de SP de autorizar a construção de jardins verticais como forma de compensação ambiental.

Fonte: Archdaily
Na íntegra

Mais notícias:
16/10/2017
Dispõe sobre a reorganização da Secretaria Municipal de Habitação, bem como altera a denominação e a lotação dos cargos de provimento em comissão que especifica.
11/10/2017
A Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo é um evento que acontece a cada três anos, com o principal objetivo de promover o diálogo entre arquitetos e urbanistas e a sociedade civil e colher contribuições sobre a atuação do Conselho de Arquitetura e Urbanismo dos Estados e do Distrito Federal (CAU/UF).