Justiça nega o pedido do Ministério Público para barrar a construção de jardins verticais em São Paulo como forma de compensação ambiental.

Justiça nega o pedido do Ministério Público para barrar a construção de jardins verticais em São Paulo como forma de compensação ambiental.

27/09/2017

via revistaqualimovel.com.br

O Ministério Público e a 1ª Promotoria de Justiça de Meio Ambiente de São Paulo ajuizaram uma ação pública que visa proibir a Prefeitura de SP de autorizar a construção de jardins verticais como forma de compensação ambiental.

Fonte: Archdaily
Na íntegra

Mais notícias:
21/02/2018
O curso da plataforma de ensino online Harvardx, ministrado pelo especialista em economia urbana Edward Glaeser, terá versões legendadas no canal do Arq. Futuro no Youtube.
21/02/2018
Recuperação supera as expectativas dos analistas e acontece depois de o setor registrar os pontos mais baixos de seus indicadores. Para 2018, a estimativa é de aumentar as vendas entre 5% e 10%.